segunda-feira, 12 de outubro de 2009

LOUVOR AJUDOU A SUPERAR A DEPRÊ.



Ouço Deus Me Chamar

Ludmila Ferber


Alta madrugada vai, já estou deitado, mas
Ouço Deus me chamar
Sua voz suave é como um sussurro
Ouço Deus me chamar
Meu coração se aperta, eu ando tão cansado
Tenho trabalhado tanto...
Meu coração se aperta ao ouvi-Lo me chamando
Me chamando, me chamando, me chamando, me chamando

Eu vou, já "tô" indo ao Teu encontro, Senhor,
Vou correndo ao Teu encontro

Nem que seja pra ficarmos em silêncio a sós, Senhor, só nós!
Nem que seja simplesmente pelo prazer de ouvir Tua voz.
Não há como desprezar o Teu chamado
Não há como rejeitar Sua Presença


Passei quase um ano com depressão terrível, chorando todos os dias, com uma dor emocional tão grande que parecia ter uma faca em meu peito dia e noite, me matando.

O pior que tudo isso foi por um sentimento que chamava de amor e mal eu sabia que cada vez que olhava pra o outro esquecia de mim mesma. O maior amor que temos que ter é o AMOR PRÓPRIO, esse eu havia esquecido.

Quando amamos mais o outro que nós mesmos, nos perdemos, perdemos nossa identidade e perdemos nossa vida que Deus nos deu pra cuidarmos da melhor forma.

Nunca façam isso. Nunca esqueçam de você. Nunca esqueçam dos seus sonhos, seus ideais, objetivo porque se isso acontecer você morre em vida.

Digo por causa vivida. Por alguns anos acabei com minha vida para fazer tudo para o outro, para viver em função do outro, para "amar" o outro (hoje vejo que isso não poderia ser amor, era uma doença), deixei faltar até coisas materiais para agradar e achar que eu seria amada, valorizada, que haveria gratidão e consideração; algum tipo de retribuição mas não material.
Receber elogio e reconhecimento por tudo que me dei e fiz e nunca isso aconteceu.

Acredito que se o outro não fez é porque não tem esse olhar, esse sentimento para oferecer.
Esperamos isso o tempo todo das pessoas mas tem pessoas que não tem isso pra nos dar.

Fico triste das pessoas serem assim porque sou tão grata, tenho tanta consideração pelas pessoas que não consigo entender pessoas que são desprovidas desses sentimentos.

Mas nesse período em que fui deixada no momento que mais precisava desse outro e que em momento algum o deixei na mão, mesmo que fosse para passar fome, literalmente; entrei em paine total. Não me conformei com tamanha maldade e escutava este cd da Ludmilla, todas as noites pra sentir paz e diminuir minha dor enquanto sabia que o outro dormia com outra, que não deu em nada.

Enfim, essa dor durou quase um ano, foi a maior dor que passei na minha vida e olha que passei por várias coisas ruins mas não existe nada pior do que ser julgada e acusada pelo que não fez, ser trocada por uma garota de programa quando você esta apaixonada e sonhando em ter um filho com esse outro e justo nesse momento ser abandonada, grávida, desempregada e sem ajuda de ninguém.

Escutar que a filha era de um colega dele o qual almocei junto, quando o outro terminou comigo pela centésima vez e eu quis mostrar que alguém olhava pra mim porque o outro, me achava tão sem atrativos que pensava que nenhum homem olhava pra mim.

Como uma pessoa convive com você um ano e não conhece seu caráter, dignidade, ética, moral, conduta, testemunho de vida, tudo de bom que sempre fiz, minha fidelidade e dedicação?

Por um simples almoço, fui julgada, condenada, humilhada, sofri injúria, difamação e acabei perdendo minha filha.
Porque eu sabia que era uma menina?

Porque havia sonhado 2 meses antes que eu teria uma filha e no sonho foi dado o nome de Ana Clara e aconteceu mas de tanto nervoso, crises nervosas, choque emocional, tremedeiras, etc.

Acabei perdendo e o que seria de mim e do meu filho se eu tivesse tido?
Não tinha mais estrutura nenhuma. Depois disso eu morri, ESTAVA VIVA PORQUE ANDAVA, RESPIRAVA, MAS COMPLETAMENTE, MORTA, NÃO SENTIA PRAZER EM NADA, TANTO QUE EMAGRECI 14 KG.
O outro continuava com a prost. e ficava me procurando; puro sadismo. Punha só defeito: uma hora gorda e flácida e outra osso e pelanca.

GRAÇAS A DEUS TODO PODEROSO E AOS TRATAMENTOS, MEU PAI QUE ESTAVA VIVO, MEU FILHO QUE EU AMO, MÉDICOS ESPECIALISTAS E EU TER ENCONTRADO UM HOMEM NORMAL DE BOM CARÁTER, COMPREENSIVO QUE FICOU O TEMPO TODO DO MEU LADO ENQUANTO ESTAVA TENDO CRISES NERVOSAS E ME RECUPERANDO.
HOJE, ESTOU CURADA E SE VOCÊ SE AMAR, SE VALORIZAR E FAZER O QUE GOSTA OU AMA, VOCÊ VAI SE CURAR.

CONTE COMIGO MAS SAIBA QUE VOCÊ É MUITO MAIS ESPECIAL QUE VOCÊ PENSA E ESSAS PESSOAS QUE FAZEM MAL A VOCÊ É PORQUE SÃO DOENTES, NEM PERCEBEM SUA MALDADE E NUNCA CONSEGUEM SER FELIZES.

2 comentários:

  1. Muito tem se falado sobre aceitar ...diferentes..mas vivemos num mundo q o preconceito é igual...ele rege o mundo..e junto com ele vem um sentimento pessimo - a rejeição e acho q não existe um ser humano que não tenha sofrido com ele...mas tudo depende de como assimilamos..ou seremos empurrado para a frente ou para baixo...eu mesmo estou tentado sair de um processo meio doloroso...mas Deus tem me ajudado e como vc mesmo falou temos q ter amor próprio sem ele não é facil o processo de fortalecimento e aceitação pessoal...um forte abraço pra vc! amei o seu blog...Margareth Matias

    ResponderExcluir
  2. Só vi agora o seu comentário, acho que esse processo é eterno, enquanto estivermos aqui neste mundo...conte comigo...bjs.

    ResponderExcluir

Se vc já entrou aqui e me deu seu tempo; agradeço. Se deixou uma mensagem; me deixou alegre. Deus o abençoe...bjs.