sexta-feira, 13 de novembro de 2009

ISSO FOI SÓ UMA BREVE NOITE.

Eye in the Sky - Noa

Eu me lembro de uma noite, onde o vento batia no meu rosto, na velocidade do carro,
só se via escuridão e a natureza, numa estrada cheia de curvas. Aquele pássaro branco parecia deslizar na estrada enquanto o cheiro de mato invadia nossas vidas.

Eu, só , queria que aquele noite nunca passasse. Que tudo fosse verdadeiro sem precisar de alternativas para sentir tudo que estava sentido, sem precisar de nada, há não ser meu coração.

Não éramos dois mas um...voamos naquele pássaro tão juntos, em sonhos e planos que pareciam ser eternos...

Onde, passávamos, deixávamos rastros de sorrisos, alegria, paixão. Cada momento, segurei com as duas mãos e como água, escorregaram entre meus os dedos.

Quando fazia amor, transcendia, de tanta intensidade de sentimento e não de prazer, que por muitas vezes era esquecido, pelos simples fato de querer ser melhor mulher do mundo para essa pessoa.

Tentava ser a mulher mais linda possível, a mais perfeita, dei o melhor de mim em tudo esquecendo de mim...se isso se pode chamar de amor: amei com todas minhas forças, com todo meu ser, com toda minha vida, etc.

Cada toque em seus braços, mãos, eram tão significativos: cheiro, respiração, tato...era uma ligação tão forte que sentia quando a pessoa não estava bem.

Sonhei em casar, ter filhos, morar numa casa préfabricada, e ficarmos velhinhos numas cadeiras de balanço, vendo nossos cachorros e filhos brincarem, no jardim.

Como terminou essa história com tema musical tão lindo?
Quase sempre escutávamos a mesma música, no rádio, enquanto o pássaro deslizava e as mão se cruzavam o tempo todo.

A noite em si, terminou em vômitos de pão com alho e bebida, um fedor insuportável mas ríamos de tudo, até disso...o pior foi o depois do depois...

Terminou, eu sendo trocada 2 vezes por garotas de programa diferentes, traida por uma ex, fora o que eu não sei, e outra por uma moça da internet, se casando e tendo mais um filho, de inúmeros que já tem, com outras pessoas diferentes. Mas, também, traiu a moça e não deu certo.

Depois de indas e vindas, me falou, sabendo que estava namorando sério:- minha família chegou a conclusão que você é a melhor opção para mim.
Eu falei que grande elogio...pois ele nunca chegou a conclusão que me amava porque isso só ocorreu da minha parte...não sei.

No fundo, quero acreditar que passamos momentos bons, onde o olhar dele me dizia estar apaixonado mas infelizmente, ele enjooa e precisa de um tempo pra se apaixonar de novo...isso é muito louco.

Sei que os relacionamentos dele tem duração de 9 meses...não sei se isso tem sentido.
Só posso falar de mim e eu sei que amei demais, passei dos limites, fui super e extremamente fiel e leal a ele porque sou assim com meus sentimentos, não consegueria trair meus próprios sentimentos; nunca porque ele merecia essa fidelidade.

Paguei caro, por minha sinceridade e por me doar tanto e o que eu recebi?

Ingratidão, mentiras, traições, humilhações, ameaças da irmã, tiraram proveito da minha ingenuidade, me usurpando emocionalmente e financeiramente.

Enquanto eu era por nós e o defendia, ele nunca foi por mim, ele sempre foi pelos parentes dele: irmã. E por isso nunca conseguiu construir sua própria família. Que Deus ilumine a mente deles e que ele consiga cortar o cordão umbilical, com a irmã.

Deus é tão maravilhoso que me deu o dom de perdoá-los...e me libertar de tudo isso.

Toda história ruim ou com final não feliz, um dia, teve momentos felizes e marcantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se vc já entrou aqui e me deu seu tempo; agradeço. Se deixou uma mensagem; me deixou alegre. Deus o abençoe...bjs.