sexta-feira, 27 de agosto de 2010

O CORPO ENVELHECE E O AMOR SE RENOVA.

A BELEZA ESTA NOS OLHOS DE QUEM VÊ E A MALDADE NO CORAÇÃO DE QUEM NÃO CONSEGUE VER ALÉM.

Quem sou eu para falar de amor, sendo que nunca pude chegar nessa fase do relacionamento pois dizem que primeiro acontece a paixão e depois vira amor...se é essa a receita, só parei na paixão.

Sei o que amar uma avó, um filho mas um homem...até falamos que amamos mas acho que seria se nunca tivesse terminado, se acabou é porque nunca foi amor.

Essa foto traduz o verdadeiro amor, as superações que tiveram que passar para chegarem até essa idade juntos e que a beleza da juventude pode ter desaparecido mas transformado em outra beleza muito mais verdadeira e real.

Parece que esta cada vez mais difícil esse grande e verdadeiro amor e também acredito que esse privilégio não seja para todos os mortais...talvez eu não seja um deles...mas sonhar podemos.

Mesmo velhinha vou continuar sonhando com um grande e verdadeiro amor mesmo nunca ter vivido ou conhecido ele.

Minha professora me contou uma história muito triste de uma mulher que se apaixonou por um moço e foi proibida de ficar com ele, após esse fato, ela se dedicou aos irmãos e foi levando a vida. Quando chegou aos 80 anos e a cabeça já não estava tão saudável, ficava falando toda hora o nome do homem por quem gostava e tudo que ía fazer com ele, como se fosse real, naquele momento e todos os anos não tivessem passado.

Isso me cortou o coração, imaginando tudo que essa mulher reprimiu uma vida inteira, tudo que ela queria viver e não viveu, se anulando...muito triste.

Nem todas pessoas conseguem forças para superar a perda de um grande amor ou paixão e se refazer...ela deve ter morrido, também, com todos os sonhos e tudo que não viveu.

Eu não quero deixar de viver e depois de velhinha olhar para trás e ver quantas coisas deixei de viver...não sei se vou conseguir mas o meu sonho é viver um amor desse para sempre...não acredito que seja só em filmes que isso exista. Que Deus realize o meu maior e difícil sonho pois é algo que não depende só de mim e de outra pessoa, além de haver o mesmo sentimento forte em ambas pessoas...

sábado, 21 de agosto de 2010

QUEM NUNCA AMOU E SE SEPAROU DE ALGUÉM?


Quando
Roberto Carlos

Quando você se separou de mim
Quase que a minha vida teve fim
Sofri, chorei, tanto que nem sei
Tudo o que chorei por você, por você
Quando você se separou de mim
Eu pensei que ia até morrer
Depois lutei tanto pra esquecer
Tudo o que passei com você, com você, com você

E mesmo assim ainda eu não vou
Dizer que já te esqueci
Se alguém vier me perguntar
Nem mesmo sei o que vou falar

Eu posso até dizer
Ninguém te amou o tanto quanto eu te amei
Mas você não mereceu
O amor que eu te dei

Quando você se separou de mim
Quase que a minha vida teve fim
Agora eu nem quero lembrar
Que um dia eu te amei e sofri e chorei
Eu te amei e chorei

E mesmo assim ainda eu não vou
Dizer que já te esqueci
Se alguém vier me perguntar
Nem mesmo sei o que vou falar

Eu posso até dizer
Ninguém te amou o tanto quanto eu te amei
Mas você não mereceu
O amor que eu te dei

Quando você se separou de mim
Quase que a minha vida teve fim
Agora eu nem quero lembrar
Que um dia eu te amei e sofri e chorei

Por você eu chorei

Por você eu chorei

Eu sofri...
Hoje, tinha que trocar uma blusa do meu filho e aproveitei para ir na costureira, na Herbalife, na manicure e ir no shopping e não deu certo porque mesmo estando este frio terrível a C&A, resolveu tirar toda moda inverno e não tinha uma jaqueta...absurdo...agora, vou ter que ficar indo em outros shoppings para achar jaqueta para ele. (segredinho: detesto shopping, pode?)
Por que essa música?
Estava andando de carro com meu marido para fazer essas coisas e ele colocou essa música, cantada pelo Barão Vermelho e pensei: nossa! minha cara...rs...tudo que vivi...dura e cruamente.
Acredito que não sou a minoria mas acho que poderia cantar essa música para várias pessoas que seria tudo que aconteceu, mesmo.
Só queria dividir isso com vocês e quem já sofreu assim, saiba que não esta sozinha nessa, viu?
Doi no mais profundo da alma e não nos conformamos de termos amado tanto, nos doado tanto, nos sacrificado e não ter sido valorizada e nem amada por quem queríamos, pelo menos, na época que estava acontecendo. Digo isso porque houveram casos que a pessoa disse até se arrepender e dizer que me amava mas além de não acreditar mais na pessoa, não sentia mais nada...aí já era...sem final feliz, pelo naquela história...

domingo, 15 de agosto de 2010