quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

VOU MATAR DENTRO DE MIM; AS PESSOAS MALDOSAS.


AQUI JÁ FOI DECRETADO A JUSTIÇA E VINGANÇA DO SENHOR NA VIDA DESSAS PESSOAS, EM NOME DE JESUS E EU OS MATEI A PARTIR DE HOJE, DENTRO DE MIM, POIS ESTAVA COM O CORAÇÃO PURO E CHEIO DE AMOR, NÃO MERECIA, MUITO MENOS MEU FILHO QUE É CRIANÇÃO, SEM MALDADE.

NENHUMA ARMA CONTRA MIM PROSPERARÁ E TODA LÍNGUA QUE FALAR CONTRA MIM EM JUIZO, JÁ ESTA CONDENADA, DIZ O SENHOR. IS 54:17

Eu havia me separado e ainda estava com problemas normais de administração de imóveis, casa pra reformar, falta de dinheiro pra fazer tantas coisas, cheias de contas e ainda pessoas que se consideram convertidas e nos magoam gratuitamente...isso esta se tornando normal no meio cristão e é muito triste.

Então uma moça muito querida insistiu que eu fosse viajar pra a Bahia e me disse que não precisa me preocupar com nada, só ter dinheiro pra ir e vir. E, que nem precisava perguntar se poderia ir, era só avisar e ir.

Isso me alegrou tanto meu coração, me fez sentir tão querida, amada, valorizada, coisas que nunca senti em minha família, só com minha avó e algumas outras famílias que não eram minha mas por um tempo senti como se fossem minha...

Então fui realizar meu grande sonho de ir viajar e fui de ônibus, dois dias e uma noite, para ter a sensação de deixar tudo que fosse ruim para trás e fazer tudo novo, diferente. Refletir, ver os erros e acertos,um balanço geral e ver o que poderia ser mudado daquele momento em diante, além de aproveitar os lugares lindos, conhecer pessoas novas, conversar, etc.

Cheguei com os pés enxados mas uma alegria tão grande que não conseguia acreditar que estava naquele lugar após 14 anos de espera.

Os lugares são lindos, vou postar os mapas e fotos, dando dicas a vocês porque dá pra ir sem pacotes de turismo e gastar menos e ficar mais tempo.

Passei a noite de uma moça C. porque cheguei muito tarde e não dava pra ir para Cairú, onde iria ficar, então dormi em Valença.

No dia seguinte, nos deixaram no cais e pegamos a lancha pra Cairú pois lá são várias ilhas e a condução é por barco ou lancha.

Dormi 3 dias na casa de uma senhora mãe da moça que me convidou e fui super bem tratada, como das outras vezes.
A outra irmã e mãe foram super receptivas, também. O irmão delas, nesses dias me tratou super bem e principalmente, deu atenção pra meu filho direto, percebendo a infantilidade dele e disse que era mesmo muito criança, só tinha tamanho.

Fui fazer meu primeiro passeio para o Morro de São Paulo que é tudo de bom, tem várias pousadas, infra-estrutura para turismo mas fui burra e passei só dois dias, se fosse hoje, teria ficado mais tempo mas não dá pra advinhas o futuro.

Voltei pra Cairú, onde ficava minha mala grande e fui para pousada do tio da moça que me convidou. Não conhecia sua esposa nova e conversamos pouco além dela ter um empregada que era incapaz de dar um sorriso...não entendo porque as pessoas tem tantas dificuldades de dar um sorriso, serem simpáticas, carismáticas...mas até aí tudo bem.
Passamos 3 dias e em um desses dias, a noite, meu filho tomou um copo de leite com leite em pó, acabando com um restinho que estava no copo.
No dia seguinte, já esconderam o leite e a comida, na hora do almoço, alegando que era pra o outro filho. Acho um absurdo esconder comida. Meu filho pediu só mais um pedaço de carne porque estava com muita fome pois não havia tomado café da manhã porque não tinha leite e falou que não podia dar enquanto tinham vários pedaços.

Após esse falto humilhante, não me alimentei mais lá e pedi que meu filho fizesse o mesmo, comendo na casa das irmãs deste rapaz e só indo lá pra tomar banho e dormir.

A moça que me convidou, não fez o bolo de aniversário que falou que ía fazer, para eu ir logo para lá e sumiu. Há vi raras vezes e ela nem sabia o que estava acontecendo.

Eu só queria fazer mais um passeio e ir para Salvador, como fiz as outras duas vezes que fui. Mas como houve um fato desagradável, desta mulher chegar bêbada e não sei o que falou pra meu filho que o assustou e pediu pra ir embora, desesperado, para S. Paulo.

Disse a ela que íriamos a mais um passeio e depois iríamos embora. Entrei na internet e achei uma promoção de passagem de avião mais barata que a passagem de ônibus.

Então, pedi pra a primeira moça que conheci se poderia ficar uma noite em sua casa pra ir no passeio em outra ilha. Ela disse que sim. Peguei lancha, ônibus e taxi até chegar em sua casa. Arrumei as coisas para no dia seguinte pegar minha máquina fotográfica que tinha entrado na água do mar.

Foi quando tive que passar o dia todo e mais uma noite para pegar a máquina mas não houve conserto e tive que comprar outra máquina.
O único dia que passei o dia todo lá, esperando o conserto da máquina. Se soubesse que não teria conserto, nem um dia passaria porque me sinto super mal em ficar na casa das pessoas que conheço, o que dirá de quem mal conheço.

Só que essa moça, C., falava direto para eu me sentir bem na casa dela, a vontade, que não era como o pessoal de Cairú e não podia falar nada porque estava entrando na família agora. Insistia que eu ficasse a vontade, que comesse, como se fosse minha casa...quanta falsidade, quanta dissimulação.

Meu filho ainda falava:-mãe, ela já cansou de falar que não é como as pessoas lá, relaxa mãe, que ela é uma pessoa legal e boa.

Quanta inocência de nossa parte em acreditar.

Dormi quando cheguei e fui embora, cheguei no fim da tarde e passei um dia todo por causa da máquina e no outro dia já saímos de manhã.
Um dia apenas, inventaram e criaram caso com tantas coisas pequenas e absurdas. Se  tivesse passado uma semana; eu entenderia mas foi apenas 3 noites e um dia todo.

Fiz o possível para não encomodar e no final ela me mandou um e-mail onde li as coisas mais mesquinhas que já vi. Inventaram mentiras e muitas, tanto da empregada dela ou não sei de quem veio tantas coisas. Foram muitas coisas pra um dia. Não sujava nada e nem deixava meu filho sujar.
Cismou porque meu filho dormiu na sala a vontade, um pré adolescente de 13 anos, como se fosse um homem.

Contou o número errado de quantos croquetes cada um comeu...fiquei chocada, com tudo:
Não sei se o pior foram as mentiras sem provas, as invenções da empregada e reclamações sem eu poder me defender, tanto fingimento enquanto falavam mal direto de nós e nem imaginava o quanto estava sendo incoveniente minha presença com a do meu filho.

Não tinha bola de cristal para adivinhar que eles não nos suportavam, enquanto me abraçava, agradava e me falava que não era pra me sentir mal em sua casa que tinha gostado de mim desde que tinha me visto, como eu também e depois ser TRAÍDA PELAS COSTAS.

Por último, já havia comprado passagem pra dia 29-12 e fui e voltei do último passeio, ía para Salvador passar um dia e depois ir embora. Estava tudo programado, menos o fato de ter baixado minha resitência e ter ficado com muitas dores nas pernas, cólica e virose.

Esperei a C. chegar para ir dormir na casa dela e pegar minha mala e ir para Salvador mas estava passando muito mal, já havia tomado injeção de Voltaren no Pronto Socorro e estava tossindo muito.

A empregada que havia inventado que eu colocava toalha molhada nos travesseiros, sendo que colocava na cabeceira, penduradas para não encomodar. Que autorizou meu filho a jogar no computador e pensaram que ele havia invadido. Que reclamou que pedi para colocar calcinhas e cuecas no tanquinho, como se ela lavasse nas mãos. Que sujávamos as coisas. Que meu filho não parava de beber Coca cola enquanto ele pegou a garrafa que eu comprei a ele e só tomava o que ela oferecia...enfim muitas mentiras.

Ela que me apunhalava pelas costa, falou pra eu almoçar e deitar para ver se eu melhorava porque percebeu que não estava bem e falou para telefonar pra C. e ver se podia passar só mais um dia pra me ruperar. Mandei mensagem.

De repente um amigo da mãe dela começou a armar para eu ir embora de qualquer jeito naquele dia mesmo, estando debilitada. Fez eu adiantar a passagem de avião pagando multa, sem poder. Pedi soro caseiro para ver se melhorava porque suava frio e quase não conseguia ficar em pé.
Meu filho pediu a ela pra me levar no Pronto Socorro e ele falou que não dava tempo.
Me mudou a passagem pra o dia seguinte, as 8:45h da manhã, nos colocou no ônibus, deixou bem claro que elas não nos queriam mais na casa delas, etc.


Chorei de Valença até Bom Despacho depois no Ferryboat e chegamos em Salvador as 22h, doente, chorando, sem sabe que ônibus pegar, perdida...aí que chorava na rua mesmo. Até que encontrei um taxista que me cobrou R$ 35.00 para me levar no aeroporto e dormir no último andar, no chão, passando mal...só chorava.

Eu fui para voltar dia 07-01-2011mas depois do primeiro acontecimento, já fui ver passagem pra antes do Ano Novo pra passar na igreja.

E, inventaram que queríamos ficar mais tempo, pedindo pra mudar a passagem pra depois, sendo que já estava tudo planejado devidamente.

Como as pessoas mentem, levantam falso testemunho, com a maior normalidade.

Inventaram que em menos de 2h., meu filho havia baixado vários filmes pornos e ainda entrava em sites que aconselhavam os filhos matarem os pais.

Fala verdade se isso não é digno de processo judicial...muitas otras coisas.

Eu já coloquei nas MÃOS JUSTAS E PODEROSAS DE DEUS E EM ROMANOS 12, O SENHOR DIZ QUE A VINGANÇA PERTENCE A ELA. EU CLAMO PELA JUSTIÇA DO SENHOR NA MINHA VIDA E DO MEU FILHO QUE É UM PRÉ ADOLESCENTE INOCENTE E NADA DO QUE FALARAM, FOI PROVADO, MESMO EU INSISTINDO EM QUE ME MANDASSEM OS SITES...PURA MENTIRA PARA JUSTIFICAR AS MENTIRAS DELES.

SOMOS DE DEUS. SOMOS CRISTÃOS, MEU FILHO NASCEU E CRESCEU DENTRO DA IGREJA E SUA VIDA É ESCOLA, IGREJA E CASA...INVENTARAM MENTIRAS ABSURADAS.

NÓS PASSAMOS ANO NOVO NA IGREJA E JÁ QUE NÃO DEU CERTO EM CAIRÚ, IRÍAMOS PASSAR NA NOSSA IGREJA EM SÃO PAULO E INVENTARAM MAIS UMA VEZ, ALGO QUE JAMAIS PASSOU PELA MINHA CABEÇA OU DO MEU FILHO PORQUE EU NUNCA PENSEI EM PASSAR ANO NOVO COM ELES E JÁ HAVIA COMPRADO A PASSAGEM.
INVENTARAM ISSO PRA JUSTIFICAR, A PRESSÃO DE ME EXPULSAR DA CIDADE.

GENTE MALDOSA, MENTIROSA, FALSA, DESUMANA, FALSO TESTEMUNHOS,ETC.

AINDA BEM QUE DEUS SABE DO MEU CORAÇÃO E DO MEU FILHO E SABE QUE FOMOS SINCEROS, VERDADEIROS, SEM MALDADE, INOCENTES, NUM COVIL DE COBRAS, SE MOSTRANDO BOAZINHAS...MAS SÃO DIGNAS DE DÓ POIS SE NÃO SE CONVERTEREM DE SEUS MAUS CAMINHOS VÃO TER A VIDA ETERNA NO INFERNO.

QUE DEUS TOQUE NELES TODOS QUE INVENTARAM MENTIRAS CONTRA NÓS E QUE REVEJAM TODO O MAL QUE NOS FIZERAM, TODAS HUMILHAÇÕES, SEM NECESSIDADE. ERA SÓ DIZER QUE NÃO DAVA PRA DORMIR MAIS UMA NOITE LÁ E ÍAMOS EMBORA PRA UMA POUSADA...TUDO PODERIA SER TÃO SIMPLES.

TERIA IDO PRA UMA POUSADA E IDO PRA SALVADOR DE DIA PRA MEU FILHO CONHECER O PELOURINHO, DORMIR MAIS UM DIA  EM SALVADOR E PEGAR O AVIÃO E NÃO TER QUE SAIR CORRENDO DE NOITE, CORRENDO RISCOS E COCHILNDO NO CHÃO FRIO DO AEROPORTO.

PONHA SUAS MÃOS SENHOR PORQUE FOI TUDO MUITO INJUSTO. FUI BUSCAR PAZ, PESSOAS BOAS E DO BEM, VIVER UMA HISTÓRIA BONITA E VOLTAR FELIZ POR TUDO E NO FIM, VOLTEI DOENTE E CHORANDO. FUI NO PRONTO SOCORRO DE NOVO, PASSANDO MAL...PRECISAVA DISSO TUDO POR PURA MALDADE, FALTA DE COMUNICAÇÃO E O PIOR:

NÃO ME DERAM ATÉ HOJE DIREITO A ME DEFENDER DO QUE EU E MEU FILHO NÃO FIZEMOS E NÃO PROVARAM NADA. 

Um comentário:

  1. I don't understand all of the Portuguese but pray you will have more healing in Christ in 2011, Katia.

    Russ;)

    Nice to know you.:)

    ResponderExcluir

Se vc já entrou aqui e me deu seu tempo; agradeço. Se deixou uma mensagem; me deixou alegre. Deus o abençoe...bjs.